Secretaria de Educação do RS agrupará disciplinas em quatro áreas ~ Identidade 85 ::

terça-feira, maio 05, 2009

Secretaria de Educação do RS agrupará disciplinas em quatro áreas


Mudança seria implantada na rede estadual já no próximo ano letivo.

A Secretaria Estadual da Educação trabalha para implantar já no próximo ano letivo uma reorganização da forma como os conhecimentos são trabalhados nas escolas. Conforme a secretária Mariza Abreu, o ensino teria como base quatro grandes áreas do conhecimento, em lugar da divisão em disciplinas que vigora no Ensino Médio e nas séries finais do Ensino Fundamental.

Opróximo concurso público para o magistério, que pode ocorrer ainda neste ano, selecionaria docentes para as áreas, e não mais para disciplinas específicas. Um mesmo professor, por exemplo, lecionaria assuntos de química, física e biologia, que estariam incluídos em uma das quatro áreas, a das Ciências da Natureza. Para os mestres que já estão na rede estadual, a secretária anuncia um período de transição. A escola organizaria as aulas pelas grandes áreas, mas eles poderiam continuar a lecionar apenas as disciplinas às quais estão habituados.

– É certo que a mudança vai acontecer no ano que vem. Não há nenhum obstáculo significativo – diz Mariza.


A reorganização vem sendo planejada como parte da nova proposta de referencial curricular do Estado. Esse documento, em elaboração por uma equipe de especialistas, está quase pronto e será encaminhado às escolas no meio do ano, para que elas se adaptem. A proposta vai estabelecer quais são as habilidades e competências cognitivas que devem ser desenvolvidas em cada série, conforme quatro grandes áreas: linguagens (língua portuguesa, literatura, língua estrangeira, arte e educação física), matemática, ciências da natureza(biologia, química e física) e ciências humanas (história, geografia, filosofia e sociologia). – Temos de romper com a ideia de compartimentação em disciplinas. Caminhamos para a flexibilização. O mundo da revolução técnico-científica exige mais flexibilidade.

O currículo será organizado por áreas. Dentro delas, poderão existir as disciplinas – afirma Mariza. Com a mudança, as séries seriam divididas nesses quatro eixos, dentro dos quais estariam compreendidas as atuais disciplinas. O planejamento do conteúdo seria por área, integrando-as. Segundo Mariza, os professores que hoje ensinam uma disciplina específica teriam um período de transição para trabalhar nas áreas. Eles primeiro serão preparados para essa função. Áreas serão as mesmas previstas no novo Enem A intenção, no entanto, é não mais nomear professores novos por disciplina – e sim por grande área.

A Secretaria da Educação entende que um docente deve ter condições de lecionar todas as disciplinas compreendidas dentro de uma mesma área, mas espera uma mudança nos cursos de formação. No concurso público, as exceções seriam a Educação Física e as Artes – com seleção específica de professores. As quatro grandes áreas são as mesmas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), promovido pelo Ministério do Educação, e que servirão de modelo para o novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Conforme Mariza, a proposta do Estado está em sintonia com o que o Ministério tem defendido como a melhor referência para a organização do currículo.
LETÍCIA DUARTE (leticia.duarte@zerohora.com.br)
Fonte: Jornal Zero Hora - Porto Alegre-RS, 05 de maio de 2009.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!