História da China através da arte (parte 02) ~ Identidade 85 ::

sábado, março 22, 2014

História da China através da arte (parte 02)




Continuando nossa viagem por terras chinesas, tomamos alguns exemplos da vida em aldeias e regiões com costumes e formas de convívios diferentes. O recorte temporal vai do século XVII ao XIX, mostrando generais, camponeses, nobres e dinastas, com o complemento de links onde podem ser acessados os materiais completos correspondentes.


A esposa do general chinês
(cerca de 1810 d.C.)


Comecemos com essa obra, uma "visão de fora" da cultura chinesa", mas que nos ajuda a ter uma elaboração estrangeira do que é percebido da vida no oriente. Ela faz parte de um par de aquarelas a guache originais não assinadas, pintadas por um desconhecido e datadas do início do século XIX, retratando um general chinês e sua esposa. A aquarela pertence à Coleção Militar Anne S.K. Brown, da Biblioteca da Universidade de Brown.

Aqui é mostrada a esposa do general, sentada do lado de fora de uma série de tendas. Próxima a ela está um mastro com um escudo oval contendo uma careta animada e assustadora. O mesmo escudo aparece no retrato de seu marido, mas com uma bandeira diferente acima dele. A dama de companhia da esposa está ajoelhada à sua direita. As duas mulheres usam trajes com detalhes finos em azul e turquesa. 

Guia Ilustrado de Cultivo e Tecelagem: Vida Rural na China
(Março de 1696 d.C.)
Artista: Jiao, Bingzhen (Auge de atividade 1680-1720)


Este livro é composto de 23 ilustrações de cultivo e 23 ilustrações de tecelagem, cada uma acompanhada por um poema. Segundo o Prefácio às ilustrações imperialmente comissionadas de cultivo e tecelagem e o memorando formal de apresentação por Yan Yudun, os poemas foram inscritos pelo Imperador Kangxi. O pintor, Jiao Bingzhen, baseia-se, em grande parte, nas Ilustrações de Cultivo e Tecelagem feitas pelo pintor Lou Shou no início da dinastia Song do Sul, fazendo alterações para produzir estas imagens, que são obras-primas de arte, notáveis por sua vivacidade e habilidosa execução. (Veja o Livro completo).

Edição Secreta do Wing Norte Ocidental Corrigido pelo Sr. Zhang Shenzhi
(1628 d.C. e 1644 d.C.)
Autor: Wang, Shifu, por volta de 1250-1307


O drama da dinastia Yuan, A História de Wing Ocidental, por Wang Shifu, é o melhor trabalho dramático da China tradicional. Está classificado com o Pavilhão Kong de Tang Xianzu Peony Pavilion, Kong Shangren's Peach Blossom Fan, e Hong Sheng's Palácio da Vida foi um dos quatro grandes dramas clássicos da China pré-moderna, e teve uma influência de longo alcance na literatura e história teatral da China. 

O enredo do drama é um retrabalho do breve trabalho, A História do Yingying (também chamado de Encontro com um Imortal) por Yuan Zhen da dinastia Tang. A fala famosa da peça, "Espero que sob todo os céus quem souber amar será capaz de unir como marido e mulher, " subsequentemente se tornou no último desejo de puro amor. 

Houve muitas edições da obra A História de Wing Ocidental durante os séculos. A dinastia Ming Edição Secreta de Wing Norte Ocidental, corrigido pelo Sr. Zhang Shenzhi, publicado no reinado de Chongzhen, é especialmente conhecido por suas ilustrações em xilogravura. O artista foi o famoso pintor Hong Shou do final da dinastia Ming. As composições são lindas e mostram quão extraordinária foi a criatividade, tornando-se única entre as várias ilustrações da lenda. A ilustração Roubando um Olhar na Carta é bem fiel ao enredo e reproduz o espírito da situação de modo perfeito; é uma obra de arte da antiga ilustração em xilogravura.

Um Álbum da Minoria Miao
(1786 d.C.)


Este livro contém 41 ilustrações, com textos à esquerda e ilustrações à direita. A pintura é meticulosa, a gravação e o desenho, vívidos; as pessoas, realistas; as cores, ricas, mantendo seu frescor após mais de 200 anos. As ilustrações mostram que na região descrita, os chineses Miao, Lao e Han viviam em comunidades mistas e tinham costumes que eram muito diferentes daqueles de outros lugares da China. As ilustrações, organizadas por categoria, fornecem uma imagem da área e do estilo de vida das pessoas em um único álbum. (veja o Álbum completo).

Costumes das Tribos em Taiwan
(1744 d.C. e 1747 d.C.)
Autor da introdução do livro: Hummel, Arthur W. (Arthur William) (1884-1975)


Este álbum, com doze pinturas, é um registro da terra e do povo da ilha de Taiwan, há mais de cem anos atrás. As superfícies das pinturas são um tanto ásperas e inacabadas, mas mostram pessoas trabalhando na agricultura, caçando e cuidando de suas vidas cotidianas, e são, portanto, uma importante fonte para o estudo da história de Taiwan. O álbum contém um prefácio em inglês, de Arthur William Hummel (1884-1975), um sinólogo e missionário americano na China que, de 1928 a 1954, foi o primeiro chefe da Divisão Oriental (predecessora da Divisão Asiática), na Biblioteca do Congresso. (Veja o Álbum completo).


* Descrições adaptadas das que constam no site da Biblioteca Mundial Digital, de onde também provém as imagens (algumas foram igualmente adaptadas em tamanho e forma à essa postagem, sem alterar seu conteúdo original).

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!