ESPECIAL ELVIS 80 ANOS ~ Identidade 85 ::

segunda-feira, janeiro 05, 2015

ESPECIAL ELVIS 80 ANOS



Desde que nasceu em Tupelo, Mississipi, em 8 de janeiro 1935, Elvis viu a vida mudar. À princípio de cidade e estado, depois foi desenvolvendo sua personalidade e finalmente vieram as mudanças avassaladoras provocadas por sua ascensão como astro da música.

Quando mudou de cidade e estado, buscava melhorar a vida que era difícil, afinal, os Estados Unidos ainda se debatiam com os efeitos Crise em que ainda estavam metidos desde 1929. Foi ele com a família morar em Memphis, a eterna “cidade do Rei do Rock”. É ali que desenvolveria sua personalidade e finalmente veria ocorrerem as mudanças avassaladoras provocadas por sua ascensão como astro da música.

Aos fãs interessa sobretudo a década de 1950, sendo que muitos a guardarão como a mais interessante de sua carreira, pela rebeldia e pela crueza de suas apresentações, além de suas primeiras gravações pela Sun Records, coisas que abriram o caminho que o levaria ao trono do ritmo mais duradouro e bem sucedido de todos os tempos: o Rock’n’roll! 

Claro que muitos, como eu, não farão tão clara distinção, tomando as diversas fases de sua carreira como experiências diferenciadas de um cantor como nenhum outro que se veria (e ainda não se viu) ao longo desses anos todos.

A postagem não trata dos 42 anos em que Elvis esteve fisicamente entre nós, até porque, como diz a lenda ele “ainda não morreu” (e acho que nunca morrerá). A postagem é sobre um velhinho que nunca envelheceu, que é ainda reverenciado como ícone da beleza e da extravagância que lhe cabia muito bem. Sobre isso, sempre me fascina ver como amigas do mundo “elvístico” se deleitam com as imagens do senhor Presley, em fotos ou vídeos, em encontros de fãs ou pelas redes sociais – sendo que partindo desse princípio, ele teria deixado milhões de viúvas ao redor do mundo todo. 

Naquele ano de 1977, ano de passagem, ele muito provavelmente não imaginava o quanto ainda seria amado nos outros 38 anos que ainda viriam. O esquecimento, aliás, o assombrava, o que nos deixa muito tristes quando lembramos. Mas, o momento pede congratulações, de felicidade, então lembremos apenas do Rei que sorria para seus fãs e lhes oferecia o melhor possível e impossível. É por essa razão que ele continua mito, vendendo hoje tanto e ainda alimentando o desejo de colecionadores.

Aliás, quando falamos em colecionadores, a empreitada é infindável. Além dos lançamentos oficiais, por vezes pobres coletâneas de grandes sucessos, temos ainda, embora mais cara, a belíssima série intitulada Follow That Dream (FTD), lançada de maneira especial pela gravadora de Elvis nos Estados Unidos, além também de uma miríade de bootlegs (lançamentos alternativos de fãs clubes e guardadores de relíquias). Somados os oficiais aos bootlegs, são milhares de lançamentos, muitos dos quais com peças ainda hoje inéditas e com novidades que parecem nunca terem fim. Tudo isso é somado aos souvenirs que ganham cada vez mais os cantos de casas de fãs – alguns com quartos especiais para guardar tantas “elvíces” – e outros admiradores menos aficionados. 

Se me permitem falar de mim por um instante, na verdade de minha experiência com o Senhor Presley, não me vejo sem suas músicas – enquanto escrevo essa linha, por exemplo, ouço a minha favorita Bridge Over Troubled Watter –, mesmo tendo nascido 8 anos depois daquele triste 1977. Explicar como ele me convenceu a admirá-lo seria um esforço quase inútil, de tão inexplicável, cabendo apenas dizer que nesse tempo todo que venho ouvindo, assistindo e colecionando-o, tenho guardado momentos únicos que com certeza estão gravados por toda vida, sendo que já falei um pouco sobre isso em outras duas postagens (Elvis e Eu e O Elvis que eu conheço).

Mas, voltando ao que nos fascina, reservemos um tempo para ELVIS PRESLEY nesse dia 8 de janeiro. Isso não é nada difícil para quem já faz de suas músicas uma companhia constante, mas vale a pena àqueles que o ouvem ocasionalmente. Lembremos desse dedicado cantor que nos deixou tantas “belezuras”, tanta vibração, tantas lindas gravações, tantas emoções. 

NÃO DEIXEM DE VER TAMBÉM: 


Gostou da postagem? Compartilhe!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!