Zygmunt Bauman - Mundo Pós-Moderno (VÍDEO e RESENHA) ~ Identidade 85 ::

terça-feira, janeiro 10, 2017

Zygmunt Bauman - Mundo Pós-Moderno (VÍDEO e RESENHA)



Ontem recebemos a notícia do seu falecimento e aproveitando um dos assuntos com os quais ele se debruçou em seu livro Amor Líquido, gostaríamos de compartilhar uma entrevista sua em vídeo, onde resume alguns de seus pensamentos sobre democracia, amizade, felicidade, redes sociais, liberdade e segurança.

Nessa entrevista para Fronteiras do Pensamento, de julho de 2011, ele fala da passagem que ocorreu ao longo do século XX de "uma sociedade de produção, para uma sociedade de consumo" e a partir daí questiona a fragmentação da vida, onde não existe mais "projeto" e a sociedade foi "individualizada", onde não podemos fazer nossa vida a partir de "heranças", mas criá-la pessoalmente, "a partir do zero" e não apenas isso, "mas você tem que passar sua vida de fato, redefinindo sua identidade".

Ele fala ainda de questões ambientes e de como assuntos globais nos afetam mais do que afetaram gerações anteriores (incluindo a sua). Fala também sobre democracia, algo em crise, abordando os perigos que ela corre hoje em dia, após os Estados não terem cumpridos suas promessas do pós-Segunda Guerra.

Ele segue então comentando as relaçãos humanas, fazendo uma ligação entre os Talks Shows (a Ágora dos nossos tempos) e a democracia, seguindo em direção à coisas bem presentes na vida ordinária de muitos de nós, ou seja, as relações a partir de redes (como redes de relacionamento, leia-se especialmente o Facebook), incluindo em suas considerações os laços humanos próximos e distantes (amigos reais e amigos virtuais), privacidade, liberdade e segurança.

Termina então falando sobre felicidade, afirmando que existem muitas formas de ser feliz e não apenas uma, recordando o que escrevera em seu livro A Arte da Vida, onde diz que existem "dois fatores relativamente independentes que dão forma à vida humana: um é o destino (...) e o outro é o caráter"; dois fatores que se dividem entre aquilo que não temos poder de ação e aquilo que é produzido por nós individualmente e, portanto, pode ser melhorado, aperfeiçoado





Dica de livro do mesmo autor:

 livro amor líquido

Zygmunt Bauman
 Clique aqui!

* Postado originalmente em 24/jun/2015.

Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!