Identidade 85 ::

Aos professores de História

Livros para pensar Didática e Prática de Ensino

Curitiba em imagens

por Danielle Hermes

Papo de Professor:

A utilização de vídeos em sala da aula

Como andam os seus estudos?

Veja nosso vídeo!

CINEMA:

À VENDA NO BRASIL O FILME "Elvis E Nixon"

domingo, setembro 25, 2016

Micro-bios # 3 - Eva Perón



Pouca gente marcou tanto a história dos hermanos como Evita, a mulher do presidente Juan Domingo Perón. Ambos estiveram conectados e quase inseparáveis, mas com olhar atento podemos ver que ela teve sua própria história, sua própria forma de vivê-la, embora tenha morrido jovem.


Assista:


Se estiver recebendo no e-mail e não conseguir ver o vídeo, clique aqui.


Dica de Livro:

 livro eva perón promoção

Alicia Dujovne Ortiz
Clique aqui!



* Originalmente postado em 11/jul/2016.

Compartilhar:

sábado, setembro 24, 2016

Concurso: professores na UFAM (Edital 51/2016)



Estão abertas as inscrições para o Concurso Público de docentes da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Há 16 vagas.

Há 1 vaga para professores com alguma formação em História:


Área/subárea: Política Públicas da Educação Básica
Exigência: Doutorado em Educação com graduação em Pedagogia, História, Geografia, Ciências Sociais, Filosofia, Antropologia ou Serviço Social.
Adjunto A / 40h/ DE
Remuneração (clique para ampliar):

Etapas: Prova Escrita, de Títulos e Didática - previstas para iniciarem a partir de 10 de novembro.
Inscrições: até 7 de outubro de 2016, presencialmente ou via SEDEX (ver condições no edital logo abaixo).
Taxas inscrição: R$ 180,00.
Informaçõespelo telefone (92) 3305-1487 / E-mail: concursos.ddpufam@gmail.com.

Leia o edital completo, clique aqui!
(mais documentos deste concurso logo abaixo nesta postagem)

Dica do blog:

   
Mario Sergio Cortella


Mais documentos deste concurso

ADENDO AO EDITAL (Publicado em 19.09.2016) (DOU 19.09.2016)


Anexo I - Quadro de vagas


Anexo II - Locais de inscrições


Compartilhe:

quinta-feira, setembro 22, 2016

Concurso: Cubatão – SP (Edital 002/2016) [REABERTURA]




Estão reabertas as inscrições para o Concurso Público de Cubatão, São Paulo. Há cadastro de reserva em diversas áreas, incluindo para Agente de Cultura I – Historiógrafo-Arquivista.

Há cadastro de reserva para Agente de Cultura I – Historiógrafo-Arquivista:

Exigência: Diploma de Nível Superior reconhecido pelo MEC em Arquivologia, História ou Ciências Sociais.
Remuneração: R$ 1.908,50 / 40hs.


Etapas: Prova Objetiva e de Títulos - prevista para 20/nov/2016.
Inscriçõesaté 12 de maio de 2016, pelo site www.ibamsp-concursos.org.br
Taxas inscrição: R$ 88,00.
Informações: pelo e-mail atendimento@ibamsp-concursos.org.br.

Leia o edital completo, clique aqui!
(demais documentos abaixo, nessa postagem)

Dica de livro do blog:


 livro A Política Externa Norte-americana e Seus Teóricos

Perry Anderson
Clique aqui!


Demais documentos deste concurso: 

02- Anexo V - REQUERIMENTO PARA SOLICITAÇÃO DE RESTITUIÇÃO DO VALOR DA INSCRIÇÃO DO CONCURSO PÚBLICO 01/2016 (para quem já havia feito inscrição pelo edital 01/2016 e não pretende mais participar do concurso)

* Foto do topo extraída do site do IPT


Compartilhe:

terça-feira, setembro 20, 2016

Concurso: técnicos administrativos na Unipampa (Edital 239/2016)




Estão abertas as inscrições para o Concurso Público da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Rio Grande do Sul. Há 10 vagas + cadastro de reserva, incluindo para historiadores.

Há cadastro de reserva para Historiadores:

Exigência: diploma devidamente registrado de conclusão de curso superior em História, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
Carga Horária: 40h.
Remuneração: R$ 3.868,21, acrescido de auxilio alimentação no valor de R$ 458,00. 
Etapas: Prova Objetiva - prevista para 20 de novembro.
Inscrições: até 4 de outubro de 2016, fundatec.org.br.
Taxas inscrição: R$ 110,00.
Informaçõespelos telefones (51) 3320.1000 - para capital e DDD 51 / 0800 035 2000 - para interior e outros Estados ou pelo formulário.

Leia o edital completo, clique aqui!
(mais documentos deste concurso logo abaixo nesta postagem)

Dica para este concurso:
 
 livro O Historiador e Suas Fontes promoção
Clique aqui!Livro - O Historiador e Suas Fontes
   
Marcos Silva (Org.)


Compartilhe:

segunda-feira, setembro 19, 2016

Livros para pensar Didática e Prática de Ensino de História





Diante da necessidade que vem sendo apontada em diversos concursos em nossa área, onde constam vagas que envolvem prática de ensino de História, a didática e o uso do conhecimento histórico em sala de aula, fizemos uma lista que de livros que cremos ajudarão nos estudos e reflexões.

Ao menos em meu caso (José) ajudaram e continuam ajudando muito, seja nas minhas aulas atualmente ou especialmente quando prestei o concurso para ingressar como professor do Estado de Santa Catarina.

Muitas dessas obras venho lendo desde a época da graduação, relendo em momentos importantes e que me possibilitaram clarear questões teóricas fundamentais  e formar uma visão ampla do que é ser professor, ainda que tenhamos em mente sempre a importância da prática para se formar como tal.

Claro que a lista aqui não esgota (nem de perto) o que temos a disposição para leitura (nem mesmo indicam concordância de ideias em todos os pontos), mas creio que sejam algumas das fundamentais.



Marcelo Magalhães; Helenice Rocha; Jayme Fernandes Ribeiro; Alessandra Ciambarella (Orgs.)



O objetivo deste livro é promover um diálogo produtivo entre discussões da historiografia e do ensino de história, elaborando de forma reflexiva as fronteiras entre campos de pesquisa e reafirmando as relações constitutivas entre o mundo acadêmico e o escolar no ensino de história. 

O livro propõe, ainda, a afirmação dessa interlocução com a reunião de textos de pesquisadores de campos diversos, que pensam usos sociais do passado na história pública, aquela que se produz no espaço social mais amplo que o da academia, voltada para o público em geral ou segmentos desse público, como o escolar.


Clique aqui!


 
Selva Guimarães Fonseca


Autora também de Caminhos da História Ensinada, nesse livro - agora em edição revista e ampliada - Selva Magalhães apresenta reflexões sobre didática, metodologias e práticas de ensino de História desenvolvidas, no ensino fundamental, pela autora e por diversos professores, formadores, pesquisadores e alunos, em diferentes espaços e épocas.
O texto está dividido em duas partes. 

A primeira contém uma análise de dimensões do ensino de História que são temas centrais na formação docente: a história da disciplina e seus objetivos, os currículos, as políticas públicas, as abordagens historiográficas recorrentes, a questão dos livros didáticos e a formação da cidadania. A segunda parte apresenta questões didáticas, sugestões de metodologias, fontes, linguagens, materiais, relatos, técnicas de ensino, comentários críticos, visando à reconstrução de saberes e práticas nos diversos espaços educativos.

A obra busca partilhar reflexões e experiências de ensino e aprendizagem em História, bem como contribuir com o desenvolvimento da área, participando dos processos de formação permanente dos profissionais da educação.


Clique aqui!


 
Philippe Perrenoud


É consenso, atualmente, que os saberes racionais não são suficientes para enfrentar a complexidade e a diversidade das situações de trabalho e busca-se, em todas as áreas, refletir sobre novas formas de exercício das profissões. Idéias de Donald Schön a respeito do profissional reflexivo se impõem neste cenário, propondo a reabilitação da razão prática, a aprendizagem por meio da experiência, a utilização da intuição e da reflexão na ação e sobre a ação. 

Neste livro, Philippe Perrenoud (autor também de A Escola de A a Z) aplica tais pressupostos ao ofício do professor, que, além do conhecimento dos conteúdos de ensino, necessita possuir um conjunto de saberes abrangentes, didáticos e transversais. Com sua habitual competência, o autor mostra que o "paradigma reflexivo" pode conciliar razão científica e prática, conhecimento de processos universais e saberes de experiência, ética, envolvimento e eficácia. Este livro revoluciona a forma de pensar a formação e a atuação profissional dos professores e se destina a todos educadores que analisam e transformam suas práticas, como orientadores, formadores, responsáveis por projetos inovadores e políticas educacionais e diretores de escolas.


Clique aqui!


 
Circe Bittencourt


Esta coletânea é de fundamental importância, para que os futuros professores e os atuais possam ler não necessariamente o professor de História, porque ele é um livro, na qual aborda temas sobre Educação e métodos, para que ajudem ao aluno a compreender a determinada disciplina, ao método inovador, para que os alunos, também possam interver nas aulas, para que eles possam a compreender a sociedade atual, resgatando o censo critico, de até mesmo ajudar a escolherem seus representantes.


Clique aqui!




Thais Nivia de Lima e Fonseca


Este livro propõe uma reflexão sobre a trajetória do ensino de História ao longo do tempo, no Brasil e sobre as suas múltiplas faces, expressões da complexidade que envolve desde que a História tornou-se uma disciplina escolar. Partindo de uma discussão metodológica sobre a história das disciplinas escolares, o texto caminha para a exploração sobre a história do ensino de História na Europa e nas América, verticalizando o olhar sobre este ensino no Brasil desde o século XIX.


Clique aqui!


 
Paulo Freire


Na Pedagogia da Autonomia, de 1996, Paulo Freire nos apresenta uma reflexão sobre a relação entre educadores e educandos e elabora propostas de práticas pedagógicas, orientadas por uma ética universal, que desenvolvem a autonomia, a capacidade crítica e a valorização da cultura e conhecimentos empíricos de uns e outros. 

Criando os fundamentos para a implementação e consolidação desse diálogo político pedagógico e sintetizando questões fundamentais para a formação dos educadores e para uma prática educativo-progressiva, Paulo Freire estabelece neste livro novas relações e condições para a tarefa da educação.

Outros livros do autor também tem importância destacada, como Educação e MudançaPedagogia Do Oprimido.


Clique aqui!


 
Edgar Morin


Este texto pretende expor problemas centrais ou fundamentais que permanecem totalmente ignorados ou esquecidos e que são necessários para se ensinar no século que se inicia. 

Os Sete Saberes indispensáveis enunciados por Morin constituem eixos e caminhos que se abrem a todos os que pensam e fazem educação e que estão preocupados com o futuro das crianças e adolescentes.


Clique aqui!



Leandro Karnal (Org.)


A presente obra é, antes de tudo, uma declaração de amor ao ofício de ensinar História. Catorze profissionais reconhecidos na área unem suas experiências e concepções em um livro que lança novas luzes sobre o trabalho do professor, tanto do ensino fundamental quanto do ensino médio. 

E, ao contrário de outras obras do gênero, o livro não fica apenas na discussão de teorias: a partir delas questiona certas práticas de sala de aula e propõe outras, mais eficientes para despertar o interesse dos alunos pela matéria e mais compatíveis com a responsabilidade social do historiador.

Clique aqui!


Compartilhe:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!