Traços da humanidade ~ Identidade 85 ::

terça-feira, setembro 04, 2007

Traços da humanidade



“Um dos traços mais profundos da humanidade reside provavelmente nesta necessidade essencial de adquirir uma resistência no olhar de um outro, de ser conhecido e de se justificar de ser como se é”. (STROPASOLAS, 2006, P. 171).

Buscar alternativas, mudanças e pensamentos alheios ao nosso cotidiano não é uma tarefa fácil e precisa ser vivenciada dia-a-dia. É questionando que se põe uma problemática. A cada dia me convenso mais ainda que estamos longe de termos uma sociedade igual e humana, mas que é com a nossa própria resistência e com o nosso o próprio olhar que poderemos ao menos questionar, os que por detrás dos outros, se escondem no poder e que dele usufruem cotidianamente.
Kátia A. Costa.
04/09/07.

2 comentários:

  1. Kátia! Achei muito legal este teu texto, mas não podemos nos deixar abater guria. O futuro depende de nós e das crianças que futuramente vamos educar. Se jogarmos a toalha, então estaremos realmente aprovando todas estas mazelas, e nos isentando de uma responsabilidade futura. Você foi feliz quando falou em resistência e acrescento a esta resistência a atitude, coisa muito rara nos dias de hoje. Devemos ter atitude, sob pena de sermos condenados pela falta de atitude.
    Beiju amiga! Você sabe que sou seu fã, então continua assim...

    ResponderExcluir
  2. Mas se existe uma guria que não se abate nem com gripe, rubéola e anemia sou eu Mathiel..(kkk..só pra descontrair).
    Acredito que somos o futuro sim, com certeza, nossa geração será o priori, o continuidor, eu so não deixo de acreditar que está sociedade que hoje vivemos ainda está muito distante da que tanto almejamos...Há muitos e muitos erros, e você como eu sabe disso..Relacione o artigo do Anatólio, com o seu que seguem no nosso blog e concordará comigo.Agora me entendeu?
    *Obrigada pelos elogios Mathi, eu também sou sua fã amigo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!