O impagável show de Amy Winehouse ~ Identidade 85 ::
Booking.com

domingo, abril 05, 2015

O impagável show de Amy Winehouse


Amy Winehouse em Florianópolis

Eu poderia como fã que sou fazer uma menção, e ela é válida, a respeito do aniversário de Elvis neste 8 de janeiro de 2011. O Rei estaria completando seus 76 anos se estivesse vivo (mas quem disse que ele morreu afinal?). Mas o motivo deste poste é outro: Amy Winehouse. 

O retorno de uma “nova rainha”, que esteve sob os holofotes e fumaça de gelo seco, rainha que poderia receber carinhosamente o qualitativo de “a louca”. Falo de Amy Winehouse sim, que fez seu retorno aos palcos, para o meu deleite, no Brasil, no Summer Soul Festival, promovido pela boite Pachá, em Florianópolis City.


A espera foi cansativa, chegamos em uma van fretada às 19:30 hrs no Stage Music Park, esperamos os portões abrirem às 20 hrs, ficamos até as 22 esperando o início do primeiro dos 3 shows, de Mayer Hawthorne, tendo em vista que o de Amy seria o último deles.


É importante dizer que os outros dois shows foram ótimos, especialmente o segundo, de Janelle Monae, que fez a galera dançar literalmente. Mas a espera mesmo era para o último deles, que só começou por volta da 1 hora, já no dia 9, daí haverem muitos ansiosos e impacientes no público, que ficavam por vezes gritando “Amy, Amy...” (o que eu particularmente acho uma tremenda falta de respeito). A espera me pareceu por fim ofuscar parte do brilho dos demais cantores. Mas o que não podemos é desprezá-los.


O lugar do show em Jurerê Internacional, a ilha de Santa Catarina, a praia da Canasvieiras, o sol perfeito, um albergue lotado de argentinos, porções de camarão e cerveja a beira mar, tudo é muito convidativo e valeria o passeio por si só. Mas nada disso estaria completo sem este show, não mesmo! Nada substitui esta experiência impar de ver a dama do soul cantando suas musicas, com sua voz errante, mas poderosa!

Amy Winehouse em Florianópolis


É difícil descrever a sensação de ver a mulher ao vivo. Cambaleante, trôpega, cativante, engraçada, sarcástica, e porque não sedutora, tentando se esconder atrás de seu vestidinho curto rosa-claro. É assim que ela subiu ao palco. Cantou todas as musicas do álbum Back to Black, somadas com outras inéditas. Saiu do palco por algumas vezes, o que deixava todos curiosos pra saber por que. Sentou para ouvir os vocalistas de sua banda cantarem. Não seguiu protocolos e nem roteiros. Inesquecível vê-la tomando água, “this is water”, disse ela, pra delírio da galera. Esta foi a Amy que eu sempre ouvi e agora estava vendo ao vivo e em cores!


Por fim, depois de atender aos pedidos de bis (coisa de praxe no showbiss) ela voltou, cantou suas ultimas musicas e saiu. Já eram então 2:15 da manhã.
Amy Winehouse em Florianópolis
 Livro Amy, Minha Filha
Em formatos E-book e Impresso


* Foto do topo: Florianópolis, SC, 8 de janeiro de 2011, de José A. Fernandes.

** Originalmente postado em 14/jan/2011.

Compartilhe essa postagem:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!