Antonio Berni e mundo de Juanito & Ramona ~ Identidade 85 ::

sábado, fevereiro 14, 2015

Antonio Berni e mundo de Juanito & Ramona





Pode-se dizer que Antonio Berni é produto e está inserido em sua época, preocupado que estivera com questões sociais. Assim é que em 1950 ele viajou por vários espaços marginais de Buenos Aires e além, onde teve contato com os filhos da pobreza, surgindo seus mais famosos personagens: Juanito e Ramona. 

De suas viagens resultaram diversos quadros e esculturas feitos por ele de um personagem que chamou de Juanito Laguna - aquele que mais lhe deu visibilidade como artista. A intenção era concentrar em um só personagem todos os meninos pobres que ele havia visto e as mazelas diárias que enfrentam ao longo da vida.

Como disse o próprio Berni, Juanito pode ser um menino pobre (não um pobre menino) de Buenos Aires ou de qualquer outra capital da América Latina, que está à margem da sociedade, vivendo em um mundo constantemente oprimido pelo porvir. É um personagem criado com elementos de seu próprio âmbito, o que é descartado por uns e aproveitado por outros.

É assim que para montar suas obras, Antonio Berni fez uso da técnica da Colagem, inovando em xilo-colagens e xilo-colagens relevo, encontrando utilidade para materiais acumulados em aterros e bibocas da cidade.

E é nesse universo que surgiu outra personagem que igualmente sempre remeterá à carreira de Berni: trata-se de Ramona Montiel. Nascida no bairro de Pompeya, Buenos Aires, onde os pais sonham com uma filha catolicamente educada, inicia sua vida de trabalhadora como costureira. Ali é onde debruçada sobre máquinas sem vida própria sonha com uma vida de aventuras, luxo e viagens.

Em busca de uma vida melhor, encontrou no caminho alguém que lhe ofereceu uma vida aparentemente fácil. De início bailarina... depois o meretrício, donde conhece gentes influentes da cidade. 

A vida não seria feliz no entanto, seja lá o que entendamos por felicidade, pois apoiava-se em sua efêmera beleza, o que ao mesmo tempo lhe causava pesadelos e visões monstruosas. 

Há quem facilmente associe Ramona a todas as mulheres que chegaram a Buenos Aires e/ou a Rosario, vindas da Europa, no começo do século XX, iludidas por um mundo de poucos homens e que pagavam muito bem. 

Confesso que ao ver essa exposição no MALBA de Buenos Aires me peguei imaginando um paralelo com o nosso Macunaíma (o herói brasileiro). Claro que tem aí suas especificidades, mas tem também semelhanças, pois num universo tão múltiplo de significados encontramos o Ser, em forma de homem ou de mulher, a se inserir em diferentes contextos ou preceitos, com seus pré-conceitos, fugindo por vezes das moralidades que em muitos casos não lhes fazem sentido.

Juanito se tornou amplamente conhecido e ganhou algumas músicas, dentre as quais uma que eu acho belíssima,  La navidad de Juanito Lagunainterpretada por Mercedes Sosa, que pode ser ouvida a seguir:


 guia de viagem barato argentina
Clique aqui!   
Guia de viagem





* Referências: este texto está baseado nas apresentações que acompanham a exposição e em dois vídeos sobre a monstra, um falando sobre Juanito e outro sobre Ramona.

Antonio Berni nasceu em Rosario, Santa Fe, 14 de maio de 1905, e morreu em 13 de outubro de 1981, em Buenos Aires, Argentina.

A Exposição Antonio Berni - Juanito y Ramona fica no MALBA de Buenos Aires até 21 de fevereiro de 2015, no endereço: Av. Figueroa Alcorta, 3415.

Veja imagens da Exposição, clique aqui!

Compartilhe essa postagem:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!